• Sistemas para a medição rápida, precisa e não-destrutiva dos módulos elásticos e do amortecimento de materiais.

  • Tecnologia com criatividade…

    Oferecemos sistemas de medição avançados baseados na Técnica de Excitação por Impulso para a caracterização de materiais.

    Tecnologia com criatividade…

    Oferecemos sistemas de medição avançados baseados na Técnica de Excitação por Impulso para a caracterização de materiais.
  • ...e alto padrão de atendimento!

    Oferecemos serviços e suporte excelentes aos nossos clientes. O Sonelastic® foi desenvolvido e é fabricado no Brasil pela ATCP Engenharia Física, Divisão Sonelastic®. Saiba mais
  • 1
  • 2
  • 3
  • Sistemas
  • Suportes
  • Excitação
  • Captura
  • Software

Sistemas Sonelastic®

Para a aplicação da Técnica de Excitação por Impulso, todos os Sistemas Sonelastic® incluem pelo menos um suporte de corpo de prova, um pulsador, um captador acústico e o Software Sonelastic®. A seguir são mostrados os sistemas típicos para corpos de prova de pequeno, médio e grande porte, que podem ser customizados e automatizados com acessórios.

Sonelastic, configuração para amostras pequenas.
Sonelastic, configuração para amostras de médio porte.
Sonelastic, configuração para amostras de grande porte.
Personalizado

Suportes de corpo de prova

A função do suporte na Técnica de Excitação por Impulso é prover sustentação mecânica sem impedir a vibração do corpo de prova. Os Sistemas Sonelastic® contam com várias opções que atendem esse requisito para corpos de prova de pequeno, médio e grande porte nas geometrias de cilindros, barras, discos e anéis. Também há opções para peças de geometria complexa.

Suporte Sonelastic SB-AP
Suporte Sonelastic SA-BC
Suporte Sonelastic SX-PD
Suporte Sonelastic SA-AG
Saiba mais

Pulsadores para a excitação por impulso

A função do pulsador na Técnica de Excitação por Impulso é excitar o corpo de prova com um impulso mecânico sem emitir sons ou ruídos na faixa de frequência da medição. Os Sistemas Sonelastic® contam com várias opções de pulsadores que atendem esse requisito para corpos de prova de pequeno e médio porte nas diversas geometrias compatíveis com os suportes. Além das opções manuais, há modelos automáticos que facilitam a excitação e permitem a automação de medições em função do tempo.

Dispositivos pulsadores manuais para Técnica de Excitação por Impulso
Pulsador Automático IED para Técnica de Excitação por Impulso

Captadores acústicos

A função do captador na Técnica de Excitação por Impulso é captar a resposta acústica do corpo de prova à excitação por impulso com alta imunidade ao ruído ambiente. Os Sistemas Sonelastic® contam com opções de captadores direcionais para a faixa de frequência de 70 Hz a 96 kHz que atendem esse requisito. Os Sistemas Sonelastic® também contam com módulos e placas para a aquisição e digitalização dos sinais, e com acessórios para o a fixação dos captadores.

Captador Acústico Microfone CA-DP para Técnica de Excitação por Impulso
Captador Acústico Base CA-DP para Técnica de Excitação por Impulso
Captador Acústico CA-DP-USB-ADAC para Técnica de Excitação por Impulso
Captador Acústico CA-DP Tripé para Técnica de Excitação por Impulso

Sonelastic® Software

As principais funções do Software Sonelastic® na Técnica de Excitação por Impulso são analisar a resposta acústica do corpo de prova, detectar as frequências e calcular os módulos elásticos e o amortecimento. Adicionalmente, o Software Sonelastic® é capaz de calcular a velocidade de ondas-P e ondas-S, estimar frequências e realizar medições automáticas em função do tempo.

Sofware Sonelastic
Saiba mais
  • Aplicações

    Os Sistemas Sonelastic® são capazes de testar qualquer material com módulos elásticos entre 0,5 e 1.000 GPa. O processo é não-destrutivo e caracteriza de forma simultânea o módulo Young, o módulo de cisalhamento, o coeficiente de Poisson e o amortecimento.
    Materiais cerâmicos
    Cerâmicas
    e Refratários
    Concretos e cimentosos
    Concretos
    e Cimentícios
    Compostos e madeiras
    Compósitos
    e Madeiras
    Biomateriais e Polímeros
    Biomateriais
    e Polímeros
    Metais e ligas
    Metais
    e Ligas
  • Refinamento de análises por elementos finitos (FEA)

    O conhecimento exato dos módulos elásticos e do amortecimento é crucial para a precisão e a confiabilidade de análises por elementos finitos. Os Sistemas Sonelastic® permitem a caracterização não-destrutiva do módulo de Young, do módulo de cisalhamento, do coeficiente de Poisson e do amortecimento de materiais. Também é possível aferir os principais coeficientes elásticos de materiais não-isotrópicos.
    Modelos de elementos finitos
    Modelos de elementos finitos
    Modelos de elementos finitos
  • 1
  • 2

Fundamentos

  • A Técnica de Excitação por Impulso +

    Essa técnica baseia-se nas frequências naturais de vibração. Após sofrer uma “pancada” moderada, o corpo de prova emite... Saiba mais
  • Normas relacionadas +

    Os Sistemas Sonelastic® atendem as normas ASTM E1876, C1259, C215 e correlatas (tanto para temperatura ambiente como para altas e Saiba mais
  • Artigos relacionados +

    Referências relacionadas com as equações e cálculos utilizados pelo Software Sonelastic®. Algumas referências relacionadas com as técnicas empregadas nos Sistemas Saiba mais
  • Módulos elásticos +

    Esta seção do site apresenta uma visão geral do que são os módulos elásticos e a relevância destas propriedades para Saiba mais
  • Amortecimento +

    Uma visão geral resumida do que é o amortecimento e da relevância desta propriedade para a ciência e engenharia de materiais. Saiba mais
  • 1

Informativos técnico-científicos

  • ITC-05 – Caracterização de maderias +

    Caracterização dos módulos elásticos de madeiras e derivados empregando a Técnica de Excitação por Impulso. Saiba mais
  • ITC-06 Caracterização dos compósitos +

    Caracterização dos Módulos Elásticos de compósitos utilizando a Técnica de Excitação por Impulso. Saiba mais
  • ITC-07- Caracterização de concretos +

    Estimativa do módulo de elasticidade estático de concretos utilizando a Técnica de Excitação por Impulso Saiba mais
  • 1

Tabelas de propriedades de materiais

  • Cerâmicas +

    Valores do modulo Young (módulo de elasticidade) e do coeficiente de Poisson a temperatura ambiente para cerâmicas e materiais semi-condutores Saiba mais
  • Compósitos +

    Valores do módulo de Young (módulo de elasticidade) e coeficiente de Poisson a temperatura ambiente para vários compósitos utilizado em engenharia. Saiba mais
  • Metais ferrosos +

    Valores do módulo de Young (módulo de elasticidade) e coeficiente de Poisson a temperatura ambiente para vários metais ferrosos utilizados Saiba mais
  • Metais não ferrosos +

    Valores do módulo de Young (módulo de elasticidade) e coeficiente de Poisson a temperatura ambiente para vários metais não ferrosos Saiba mais
  • 1
  • 2

Testemunhos de clientes sobre os Sistemas Sonelastic®

  • Prof. Dr. RODRIGUES, J. A.(GEMM/DEMA/UFSCar)REFRATÁRIOSA ATCP tem uma boa base tecnológica e conhecimento científico compatíveis com a área que atua. O produto Sonelastic tem qualidade e bom desempenho e os preços são convidativos comparados com equivalentes. O dirigente da empresa está sempre disposto a discutir necessidades específicas.
  • MSc Pedro C. Bilesky(Consultor)CONCRETOSA utilização da Técnica das Frequências Naturais de Vibração, conforme proposto pelo Sonelastic, como ferramenta para a determinação do módulo de elasticidade do concreto, facilita o trabalho do Laboratório na sua missão de bem caracterizar o concreto. A recém publicada norma ABNT NBR 8522 (2021), Parte 2, orientando e disseminando a utilização dessa técnica, tende a popularizar a medição do módulo de elasticidade dinâmico no contexto do controle tecnológico do concreto, por ser um procedimento acessível, prático e rápido, com uma confiabilidade reconhecidamente maior, e realizado sem a necessidade de utilização de máquinas de ensaio como pelo método estático.
  • Prof. Dr. Alexandre L. S. Borges(ICT/SJC-UNESP)BIOMATERIAISO Sonelastic é utilizado frequentemente por nossos alunos de pós-graduação e docentes pesquisadores. A determinação das propriedades é de fácil execução, porém, como utilizamos biomateriais com alta rigidez,as dimensões dos corpos de prova necessitam ser grandes e isto encarece um pouco a pesquisa. Para a caracterização de polímeros usados para restaurações e cimentação, o Sonelastic é sensacional, pois com dimensões pequenas 20x7x2 mm temos tanto o módulo de Young, como a razão de Poisson. O equipamento é de uso simples e basta um treinamento de no máximo de 30 minutos e o aluno de pós-graduação já fica independente.
  • 1
  • 2
  • 3